O Office 365 é uma suite de produtividade da Microsoft que funciona através de um simples browser. Esta suite disponibiliza o popular Word, Excel, PowerPoint, Outlook, OneNote, OneDrive, Publisher e Access.
Se até agora o Office 365 impunha algumas limitações no que diz respeito ao número de instalações, a partir do dia 2 de outubro tudo será diferente.

As subscrições do Office 365 Casa e Pessoal têm um limite de “instalações” no que diz respeito ao número de dispositivos. Atualmente quem tiver o plano Office 365 Casa pode instalar o Office num total de 10 dispositivos (para 5 utilizadores em simultâneo) e com o plano  Pessoal o utilizador fica limitado à instalação em apenas um PC/Mac e a um tablet – saber mais aqui.

Mudanças a partir do dia 2 de outubro

A partir do próximo dia 2 de outubro, os utilizadores que tenham ou adquiram o Office 365 vão poder instalar o mesmo no número de dispositivos que pretenderem. No entanto continuará o limite de 5 utilizadores em simultâneo – isto significa que pode utilizar o Office independentemente do local em que se encontra ou do dispositivo que estiver a usar. Isto inclui PCs, Macs, tablets e telemóveis.

A partir de agora os utilizadores vão poder gerir a sua conta a partir de account.microsoft.com como já acontece com assinaturas de outros serviços da Microsoft, como a Xbox LIVE Gold.

O que acontece se eu iniciar sessão em um sexto dispositivo?

Haverá uma mensagem “limite de instalações atingido” e será necessário encerrar sessão num outro dispositivo antes de poder iniciar uma nova sessão.

O que acontece se não estiver ligado à Internet?

O Office 365 funciona sem uma ligação à Internet por 30 dias. Após 30 dias, o Office 365 será executado em modo somente de leitura. Para ativar o modo de edição, terá de ligar o seu dispositivo à Internet.

 

Artigo de pplware